Pague Bem Brasil - Fuja do calote

Não espere o calote: saiba como evitar a inadimplência de pessoa jurídica

Publicado por
Foto: mindandi/Freepick


Qual é o micro ou pequeno empresário que não fica empolgado com uma boa venda, mesmo que o pagamento seja a prazo, em parcelas? Todos nós ficamos. Para que essa comemoração não se transforme no transtorno da inadimplência, é preciso cuidar do processo de cobrança desde o começo, antes mesmo da venda ser realizada. Sem atenção às consultas necessárias antes da concessão do crédito (venda a prazo), o risco de um calote aumenta.

Para quem atua no segmento B2B (sigla em inglês para negócios entre empresas, ou business-to-business) a atenção é a mesma de quem está atendendo pessoas físicas. Talvez o cuidado seja até maior devido aos valores envolvidos, que costumam ser mais altos entre empresas. Além disso, o fato de ter um CNPJ não torna o cliente menos vulnerável à inadimplência do que um consumidor final. O atraso de pagamento por pessoas jurídicas é uma realidade e pode afetar duramente o caixa do credor.

Pesquisas e referências ajudam a prevenir o calote

Se for a primeira vez que você faz negócio com o cliente, fica mais difícil medir a capacidade de pagamento, pois não há histórico interno que indique se ele paga bem. Consulte serviços de proteção ao crédito e a Pague Bem Protege, banco de dados on-line e gratuito alimentado pelas próprias pessoas prejudicadas. Nele, os dados repassados pelos credores mostram informações como histórico de créditos vencidos, valores pendentes e o que está em negociação.

Outra consulta gratuita que pode ser feita é a situação cadastral junto à Receita Federal. Se aparecer qualquer resultado que não seja “Ativa”, procure seu cliente para esclarecimentos. Há também a “boa e velha” referência: peça ao seu cliente o contato de outras empresas com quem ele já fez negócio e entre em contato com elas.

Foto: snowing/Freepick

Libere o crédito aos poucos e documente todo o processo

Caso decida ir em frente, uma boa estratégia pode ser liberar o crédito aos poucos. Por exemplo: se o negócio tiver um valor total de R$ 8 mil, peça R$ 3 mil à vista e parcele os R$ 5 mil restantes, em vez de parcelar todos os R$ 8 mil. Não tenha medo de perder a venda, tenha medo de perder seu dinheiro.

A documentação de toda a relação com o cliente é fundamental para oficializar o compromisso. A nota fiscal, além ser um documento obrigatório para estar em dia com impostos e tributos, é um desses documentos, assim como boletos registrados e contratos.

Acompanhe o comportamento do cliente

Concedido o crédito e emitidos os documentos, é hora de acompanhar esse cliente de perto para lembrá-lo do vencimento e fazer cobranças dos créditos vencidos, se for o caso. O acompanhamento vai servir também para você saber quais clientes pagam melhor e quais costumam atrasar. Use essa análise para dar mais ou menos crédito para determinada empresa.

Na plataforma Pague Bem Recupera, todo esse processo pode ser feito de forma automática. A cobrança pode ser cadastrada desde a sua emissão e observada a partir daí, direto da plataforma. O cliente pode ser avisado da proximidade do vencimento e também poderá ser cobrado após o vencimento, de maneira automatizada via SMSs, e-mails e até mesmo por meio de uma carta de cobrança via Correios, sem intermediação humana entre quem cobra e quem é cobrado.

Com essas dicas, esperamos que você minimize o seu risco e conheça melhor o seu cliente. Assim, fica mais fácil dar confiança e crédito de acordo com a credibilidade dele. São cuidados simples e rápidos que podem salvar sua empresa de um prejuízo.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s